Um estilo de vida com mais atividade física e alimentação balanceada é o caminho para a prevenção

A mudança no estilo de vida poderia evitar um terço das mortes causadas por 20 tipos de câncer no Brasil. A pesquisa foi divulgada na revista Cancer Epidemiology e faz parte de um estudo realizado por pesquisadores do Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e da Harvard University, nos Estados Unidos, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

O levantamento mostrou que o tabagismo, excesso de peso, consumo de álcool, alimentação não saudável e falta de atividade física têm relação com 114 mil casos da doença (27% do total) e 63 mil mortes (34% do total) por ano no Brasil.

Prevenção

A médica oncologista da Oncoradium Imperatriz, Camila Oliveira de Sá, lembra que a mudança de hábitos é o principal caminho para melhorar a qualidade de vida das pessoas, prevenindo uma série de doenças, entre elas o câncer.

“A população precisa entender que muitos tipos de câncer podem ser evitados. Umas das principais formas é ter uma alimentação saudável, ser fisicamente ativo, manter o peso corporal adequado e evitar o consumo excessivo de álcool. Uma ingestão rica em alimentos de origem vegetal, como frutas, legumes, verduras, cereais integrais, feijões e outras leguminosas, e pobre em alimentos ultraprocessados, como aqueles prontos para consumo ou prontos para aquecer, além de bebidas açucaradas, podem prevenir novos casos de câncer”, destacou a especialista.

Alimentação

O Guia Alimentar para a População Brasileira, elaborado pelo Ministério da Saúde, reforça que a prioridade de consumo dos alimentos seja os de origem in natura e que se evite alimentos processados, especialmente os ultraprocessados (que possuem alta quantidade de sal, açúcar, gorduras e realçadores de sabor).

Foto: Marco Filho / Ascom Prefeitura de Araguaína