O câncer de intestino abrange os tumores que se iniciam na parte do intestino grosso chamada cólon, passando pelo reto e podendo atingir a região do ânus. Conhecido também como câncer de cólon e reto ou colorretal, é tratável e curável na maioria dos casos quando detectado precocemente. Parte desses tumores se inicia a partir de pólipos, lesões benignas que podem crescer na parte interna do intestino grosso.

Os principais sintomas relacionados ao câncer do intestino estão ligados à mudança na forma das fezes, com a presença de sangramentos e uma alteração súbita entre diarreia e prisão de ventre. Podem ser observados ainda sintomas como: 

 

– Fraqueza;

– Anemia;

– Perda de peso sem causa aparente;

– Dor ou desconforto abdominal.

O diagnóstico pode ser feito através de biópsia, retirando amostra da lesão suspeita por meio do endoscópio. O tratamento inicial é feito através de cirurgia com a retirada de parte do intestino afetada e a remoção dos gânglios linfáticos dentro do abdômen. Outras etapas do tratamento incluem a radioterapia, podendo ser associada ou não a quimioterapia, objetivando diminuir a possibilidade de retorno do tumor. Vale ressaltar que adotar algumas medidas e evitar determinados hábitos, ajuda na prevenção desse tipo de câncer.

Indivíduos com idade igual ou acima de 50 anos que estão com excesso de peso corporal acabam sendo mais propensos a desenvolverem tal patologia. Assim, ter uma dieta rica em frutas, vegetais e alimentos que contenham fibras, evitando o consumo de carnes processadas (salsicha, mortadela, linguiça, presunto, bacon, salame), representam formas importantes de prevenção. Outro detalhe que também deve ser observado é a ingestão de carne vermelha, recomenda-se um consumo que seja inferior a 500 gramas por semana, tendo em vista a manutenção da saúde e impedir esse tipo de tumor.
Observar os fatores de risco e estar sempre atento aos possíveis sintomas significa diminuir a possibilidade de aparecimento desse tipo de câncer.

Confira nossa cartilha Março Azul Marinho para mais informações sobre tratamento e prevenção do câncer colorretal.