Todos os meses, os parceiros irão contribuir com a ANLUC, que hospeda pacientes de outras cidades que fazem tratamento contra o câncer em Caxias

A Oncoradium Caxias, clínica que oferece o tratamento de câncer pelo SUS dentro do Hospital Macrorregional, sensibilizou alguns grupos de motoqueiros da cidade e arrebanhou parceiros permanentes para auxiliar nos trabalhos da Associação de Entidades de Amigos na Luta contra o Câncer (ANLUC), ONG que, desde 2011, acolhe pacientes de outras cidades que vão fazer tratamento de Caxias.

A primeira ação concreta dessa nova parceria aconteceu na última semana, no Caxias Shopping, e foi uma surpresa para a Dona Dirce Maria, presidente da ONG. “Foi uma iniciativa maravilhosa, ficamos encantados! Essa ação dá um ânimo a mais para podermos continuar com esse trabalho”, disse a voluntária após receber 20 quilos de alimentos não perecíveis.

Hamilton Bernardo Pereira, gerente do shopping, integrante do Moto Clube Abutres e um dos idealizadores da ação, ressalta a importância da união em prol da ANLUC. “O Caxias Shopping está sempre atento e ativo em ações sociais, somado ao anseio dos motociclistas da região em ajudar, por isso conseguimos construir essa parceria”, disse Hamilton.

Humanização

A psicóloga da Oncoradium Caxias, Caroline Maranhão, reforça que todas as iniciativas da clínica e a busca por parceiros faz parte da promoção da cultura de humanização que está sendo implantado na clínica. 

“Precisamos ampliar nosso olhar acerca das necessidades do paciente oncológico e validarmos uma atenção especial ao contexto social. A Oncoradium atende uma ampla rede de outros municípios e existem muitos pacientes que precisam da Casa de Apoio ANLUC para estarem em tratamento. Dona Dirce precisa de ajuda e estaremos sempre nesta luta com ela”, relata Caroline.

Projeto perene

A ideia do projeto solidário é realizar a entrega de alimentos uma vez a cada mês. “Vamos fazer mais ações como essa, faremos a diferença sempre que possível. Os motoclubes são muito engajados em ações sociais”, afirma Hamilton. Nesta primeira mobilização, participaram os motoclubes Abutres, Palhanos, Tarjas Pretas, Adventistas, Adrenalina, Moto Racer e Guamarés.

Caroline destaca também a importância em fortalecer os laços de relações humanas. “Queremos aproximar a população de Caixas com os nossos pacientes. Não vamos resumir o nosso projeto apenas em entrega de alimentos. O objetivo principal da ação é fortalecer as relações humanas e integrar a sociedade em geral na luta contra o câncer e na valorização da vida”, afirma.